Música e um pouco mais - Metaleiros fazem videoclipe em homenagem a Zangief Kid

Em março, um espertinho no pátio de uma escola australiana gravou uma cena que virou hit na internet: Casey Heynes, o gordinho da turma, reage inesperadamente aos socos que leva de seu colega de escola, o magrelo Richard Gale, arremessando-o sem dó no chão.
A comoção foi geral. Em poucos dias, Casey ganhou o apelido de Zangief Kid na web (referência a um lutador do game "Street Fighter") e se tornou o super-herói de milhares de pessoas que já sofreram bullying.
Entre esses milhares estão Caio Macea, Fernando Lamb, Tiago Hospede, Thiago Carioca e Cabelo, os integrantes da banda brasileira de heavy metal Chorume, que criou uma música e um videoclipe em homenagem ao adolescente.
"A molecada que vai aos nossos shows tem um estereótipo muito propício ao bullying. São adolescentes mais introspectivos, nerds, que acabam buscando na música a superação para isso", conta Hospede.
Otávio Sousa/Divulgação
Banda Chorume
A banda Chorume
A música, que leva no nome o apelido de Casey, foi composta em inglês de forma colaborativa na internet. A banda postou um trecho da letra em diversas páginas do Facebook relacionadas ao metal, ao hardcore e ao Zangief Kid, e pediu para que as pessoas ajudassem a completa-la com suas próprias frases.
Essa mobilização digital, que foi idealizada por Tiago Marcondes e Bruno Tozzini, parceiros do quinteto e produtores do clipe, durou três dias. O processo todo --desde a colaboração até a finalização do vídeo-- durou uma semana.
Agressiva, a letra de "Zangief Kid" destaca o momento em que Casey se rebela. "É a estética do metal, de falar 'inferno' e outras coisas agressivas", conta Hospede. A "gritaria" tem participação especial de Marcus D'Angelo, vocalista da banda Claustrofobia.
No entanto, eles dizem ser totalmente contra a violência. "O que a gente apoia é o fato de o Zangief ter dado um basta naquele sofrimento", explica Hospede. "A bandeira que a gente quer levantar, na verdade, é a de que o melhor jeito de você se rebelar contra o bullying é escrevendo uma música, é desabafar em forma de arte, em vez de sair por aí fazendo merda".
No clipe, os metaleiros usam máscaras com o rosto do estudante australiano. Desenhadas por Tiago Marcondes, elas dão a ideia de que há vários Zangief tocando.



Então, antes de praticar qualquer ato que vá constranger qualquer pessoa lembre-se: Você está fazendo isso com alguém que tem sentimentos e que pode ter força o bastante pra te jogar contra a parede ou que você pode ser a próxima vítima! 

Bom galera, o post de hoje é esse, não é sobre moda e coisa e tal mas é sobre algo que todos devem saber e se conscientizar de que é errado e que ninguém merece ou é obrigado a sofrer algo do tipo.


Bom espero que gostem & comentem *-*

Nenhum comentário:

Por Hellen Brito & Nathany Ramos .. Tecnologia do Blogger.